Toninho Ferragutti na série “Concertos Brasileiros” da ACTC

_DSC0953

No centro do palco, um dos mais respeitados instrumentistas do Brasil. Toninho Ferragutti regeu as emoções da plateia com seu acordeon, de onde as canções fluíram como sagradas pelo teatro do Complexo Cultural Tomie Ohtake. Realizado na noite de terça-feira, 2, parte da série “Concertos Brasileiros”, idealizada e realizada pela Associação de Assistência à Criança e ao Adolescente Cardíacos e Transplantados do Coração, ACTC – Casa do Coração, o show teve renda revertida para os projetos da instituição.

A um preço elevado, no valor de R$ 180, os ingressos colocados à venda esgotaram-se rapidamente. A soma arrecadada tem a função de viabilizar a permanência em São Paulo de crianças e adolescentes cardíacos durante o tratamento. Mas não é só isso. Da plateia, essas mesmas crianças assistidas e seus familiares podem apreciar o repertório desses consagrados artistas. Um refrigério aos que precisam passar por tratamentos tão intensos, missão que os músicos cumprem com esmero. Toninho Ferragutti apresentou algumas de suas composições mais conhecidas como “Na Sombra da Asa Branca”, “Sanfonema”, “Nem Sol Nem Lua”, “Sorriso de Manu”, além da homenagem a Hermeto Paschoal, um dos seus grandes ídolos, com a canção “Sion”. Acompanharam o compositor os músicos: Ricardo Takahashi e Mayra Moraes nos violinos, Renato Bandel na viola, Raiff Dantas Barreto no violoncelo, Zé Alexandre Carvalho no baixo acústico, Paulo Braga ao piano, Beto Angerosa na percussão e Alexandre Ribeiro na clarineta.

_DSC0938

A programação de três shows que celebra os 20 anos da ACTC levou primeiramente Almir Sater ao palco, em um show de casa lotada no dia 20 de maio. Depois de Toninho Ferragutti, a Banda Mantiqueira é que realiza o concerto de encerramento, em 11 de novembro.

Fundada em 1994 pelo chefe da equipe de cirurgia cardíaca do Instituto do Coração (InCor) Dr. Miguel Barbero Marcial, a ACTC já atendeu mais de 320 mil pessoas e segue contemplando seus assistidos a eventos culturais de alto nível artístico. Ferragutti possui oito álbuns solo e em parceria, tendo sido indicado a premiações como Grammy Latino, Prêmio Tim e Prêmio Governador do Estado de São Paulo. Recentemente, apresentou-se no Spoleto Jazz (Charleston, Estados Unidos), Concertgebouw (Amsterdã, Holanda), Womad Festival (New Plymouth, Nova Zelândia e Adelaide, Austrália) e no Carnegie Hall, com Gilberto Gil (Nova York, EUA).

Eliana de Castro Written by:

Jornalista pós-graduada em Cultura pela FAAP, é mestranda em Ciência da Religião pela PUC-SP. Contato: eliana.faustomag@gmail.com

Comments are closed.